segunda-feira, 19 de julho de 2010

Garça-boieira (Bubulcus ibis)



(Para uma melhor visualização, prima F11)

A preparar-se para o retrato, sacudindo a água da sua elegante penugem branca. Quem observa estas aves ao longe, na maioria das vezes, não consegue aperceber-se dos tons dourados que a compõem.

Canon 7D
f.8
1/8000
ISO 500
500 mm
Sigma 150-500 mm
Hidrohide

Um comentário:

Jorge Casais disse...

o olho está um pouco esquisito...
deve ser a membrana de protecção...

boa definição