sábado, 5 de junho de 2010

Guarda-rios (Alcedo Athis) - Primeiras Imagens 2010



Canon 7 D
f.8
1/250
ISO 500
500 mm
Sigma 150-500 mm
Hide



Canon 7 D
f.8
1/250
ISO 320
500 mm
Sigma 150-500 mm
Hide

À terceira tentativa foi de vez. Às 5:30 h da manhã parti para mais uma jornada de Guarda-rios. O ano não estava a correr bem. no que diz respeito a esta espécie mas havia que tentar mais algumas vezes.
Antes de chegar ao local que estava destinado, eu e o Humberto Ramos (Companheiro da Jornada) passámos por um local onde tínhamos colocado poisos há umas semanas, mas entretanto, reparámos que já estavam caídos sem sinal de dejectos por cima das pedras nem escamas de peixes nos poisos.
Nada indicava que o nosso Alcedo tivesse parado por ali, até ao momento que ouvimos o piar agudo intermitente, dirigindo-se na nossa direcção mudando de rumo já muito perto de nós. Não precisámos de mais nenhum sinal para saber que seria ali a nossa manhã fotográfica. Escolhemos dois poisos enquadrados por vegetação, colámo-los a um outro tronco bem maior, para que pudesse ficar bem por cima da água e não muito longe da margem. Passados alguns instantes dentro do Hide aparece a "seta azul" no seu registo "stealth" parando no poiso que nos dava a perspectiva lateral (2ª Foto). Esperámos alguns instantes para que ele não se assustasse, desligámos os flashes e disparámos 3 obturações. Contra aquilo que se esperaria, o animal ficou alarmado com o som do obturador e fugiu.
Voltou um pouco mais tarde parando no mesmo poiso. Esperámos novamente algum tempo sem o fotografar.Mergulhou, apanhou um Verdemã e contemplo-nos com excelentes momentos nos instantes seguintes no poiso composto com alguma folhagem (1ª Foto).

2 comentários:

Bruno Calha disse...

oh... Sr. Vice!!! hehehe
Lá deste uma prá caixa.
Muito boas!

Abraço

Homem Zero disse...

Aderi à fotografia digital no ano passado e no começo deste passei a me dedicar aos pássaros. Consegui alguns bons flagrantes. Porém, admirando suas fotos, não sei se continuo ou se desisto, até porque já estou avançado na idade (64). Elas, fotos, são perfeitas, tanto como registro, tanto como obras de arte. Meus sinceros parabéns.
Enio d'Avila (Brasil)