quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Flash Coat - Canon Speedlite 580 EX II



Como todos sabemos, existe um mercado paralelo ao da produção de material fotográfico para fotografia de natureza, que procura criar acessórios que se adequam a diferentes vertentes deste tipo de fotografia. Alguns dos acessórios que devemos utilizar com frequência quando queremos fotografar vida selvagem, são acessórios de camuflagem.

A utilização de simples redes até aos abrigos mais complexos exigem na sua maioria que tenham um padrão camuflado ou que, de alguma forma, se insiram de forma harmoniosa na paisagem.

É natural que a maioria dos animais estranhe acessórios com cores berrantes ou padrões bastante diferentes daqueles que existem no seu habitat. Sendo certo que queremos aumentar a nossa taxa de sucesso quando utilizamos um Hide, é aconselhável que se dedique algum tempo a trabalhar na sua camuflagem.

Um dos métodos que utilizo para fotografar (especialmente) aves é o da utilização de um Hide que adquiri numa loja da especialidade e que obedece aos parâmetros de camuflagem por mim exigidos. Também adquiri uma “Lens Coat” e uma capa impermeável para fotografar em dias de chuva sem colocar em risco o material. Contudo, a fim de aproveitar alguma luz artificial, o flash fica colocado no exterior do Hide , suportado por um outro tripé e ligado à câmara através de um cabo de 2 m que assegura o ETTL. Este flash, porém, sem estar camuflado “brigava” muitas vezes com a harmonia da paisagem envolvente pelo que resolvi criar uma capa impermeável camuflada, oferecendo uma protecção extra ao “weather sealing”do Canon Speedlite 580 EX II.



Se pretender construir algo semelhante, adaptando as medidas ao seu flash, comece por comprar tecido camuflado ou aproveite-o de algumas calças ou camisola velhas que tenham um padrão adequado. No meu caso, comprei tecido camuflado numa loja de tecidos que me ficou a 4€/metro quadrado. Contudo, não precisará de 1 metro quadrado para realizar este trabalho, pelo que lhe sobrará.




Estas são as medidas que utilizei para o Canon Speedlite 580 EX.

Forre este tecido por dentro com outro tecido impermeável (por exemplo: Guarda-Chuva) e comece a cortar consoante as medidas do seu flash. Vá deixando uma margem de 0,5 cm entre cada medida para mais tarde vincar e coser algum tecido criando a forma do seu flash.





Depois de cortar e coser em volta ajuste um elástico a fim de apertar a parte de cima do flash e cosa-o. Coloque igualmente os velcros nas nas posições indicadas na fotografia acima, ajustando a capa ao flash.



Na zona da rotação da cabeça , o tecido ficará com alguma folga a fim de permitir a rotação e o manuseamento do flash sem qualquer inconveniente.



Apesar de algumas máquinas já permitirem o controlo do flash externo, deixe uma janela na capa, a fim de permitir executar qualquer função, sem ter que retirar a mesma. Pode ainda coser um plástico à capa para proteger o visor do seu flash.



A parte de cima da capa é independente da parte de baixo, podendo trocar de pilhas sem ter que retirar a capa toda ou correr o risco que ela caia durante a troca. Permite ainda realizar esta mesma troca utilizando uma só mãoa partir do interior do Hide.



A criação de uma pequena entrada para a passagem do cabo que liga à máquina é importante, uma vez que se não tivesse esta opção, ao esticar o cabo este levantaria a capa, podendo inclusivé abrir os velcros.









Anteriormente, utilizava a capa da lente para proteger o flash mas rapidamente descobri alguns inconvenientes que colmatei com a criação da capa do flash.

3 comentários:

JorgeFerreira disse...

Bem grande post! Sim senhor! Até hoje me perguntava como é que fazia a utilização do flash para fotografar aves! Continuação de um excelente trabalho! Abraço

JorgeFerreira disse...

Mais uma coisa! Onde posso encontrar as protecções camufladas para a objectiva?! Tenho uma igual (150-500mm, apesar de ainda não usufruir do potencial dela... as aves são complicadas lol)!

Jorge Casais disse...

dá para encomendar uma capa destas para o meu 430EXII?