sábado, 15 de agosto de 2009

Pilrito-comum (Calidris alpina)

Image Hosted by ImageShack.us



(Canon 350 D - F.8 - ISO 200 - 500 mm - Canon Speedlite 580 EX II)

Esta é daquelas fotos curiosas pela forma como foi tirada. A partir das 17 horas de ontem , enfiei-me no abrigo (sim, só a partir das 17 horas porque estavam 40 º em Beja) à espera que algumas garças ou até mesmo um Colhereiro pousassem em cima de uma rochas que se abeiram de uma barragem. Depois de 3:30 H volvidas, saí da tenda e preparava-me para arrumar o material quando observei este Pilrito a 20 metros de distância que permanecia imóvel sem reagir à minha presença. Tendo em conta que, apesar de não serem muito tímidos. costumam reagir à presença humana piando em sinal de alarme e fugindo para longe.,o que não aconteceu .Contudo, estava a 20 metros dele e nenhuma reacção. Sempre esperando que a qualquer momento saísse disparado dei 4 ou 5 passos em ziguezague na sua direcção e nada. Baixei-me e deitei-me na lama sem nenhum sinal de alarme começando lentamente a rastejar com a máquina no seu encalço. De repente ele flecte as pernas e mexe agitadamente a cabeça. Está tudo perdido, pensei eu.Mantive-me quieto. Passados alguns segundos estava novamente descontraído e lá fui eu rastejando por aquele misto de lama esverdeada e fezes de aves que passam ali grande parte do tempo. Não queria acreditar, estava a cerca de 3 metros dele e comecei a disparar freneticamente o obturador (que não é muito silencioso) e a ave pareceia pregada ao solo. Nem as flashadas que muitas vezes assustam algumas aves provocaram a mínima reacção do pilrito. Depois de conseguir o que queria levantei-me devagar tentando perceber até que ponto a ave me toleraria. Fugiu de imediato mas o meu dia estava ganho.

2 comentários:

João Cosme disse...

Invulgar, por isso uma boa imagem, parabéns.JC

César Oliveira disse...

Muito bom este trabalho, parabéns