segunda-feira, 8 de junho de 2009

Garça-real (Ardea cinerea)


(Canon 350 D - f.8 - 1/200 - ISO 100 - 340 mm - Sigma 150 - 500 mm - Arronches)

Após a época de procriação, no Verão, as Garças-Reais aproveitam os baixios das albufeiras e das ribeiras para apanharem peixe fácil que fica preso em pequenos ilhéus formados pelo baixo nível das águas. Este exemplar presenteou-me com quatro horas de fotografias chegando ao ponto de me espreitar para dentro da tenda a 50 cm (aprox.). São normalmente animais tímidos e desconfiados que desaparecem à nossa chegada, mas após se sentirem confortáveis no local promovem fotos intensas e com alguma acção.

Um comentário:

Modesto Viegas disse...

Bem conseguida!
Abraço