sábado, 4 de abril de 2009

Alvéola-Cinzenta (Motacilla Cinerea)


Reproduz-se perto de riachos e é frequente observá-la a saltitar de pedra em pedra sempre ao redor da água. Tem um voo ondulante e quando pousa permanece com a cauda (comprida) a ondular. Alimenta-se de insectos que junta aos dois e três no bico para levar às crias que se encontram no ninho. Não é fácil fotografá-la devido ao seu "nervosismo" e a constante mudança de pouso.Muitas das vezes, senão a maior parte, é necessário deitarmo-nos no solo para que se consiga uma foto com um fundo desfocado.Não é o caso desta, que após alguma observação percebi o bom local para a fotografar nas raras vezes que trocava o solo por qualquer vegetação. Outra das dificuldades prende-se com o facto da já referida cauda comprida comprometer algumas das composições.

Na foto vemos uma fémea, momentos antes de alimentar as suas crias.

Canon EOS 350 D
F.8
1/320
ISO 500
500 mm

Sigma 150-500 F5-6.3 DG OS HSM
Flash Canon Speedlite 580 EX II

3 comentários:

Modesto Viegas disse...

Boa composição! Equadramento, fundo e nitidez muito bons!
Abraço,

Bruno Calha disse...

amigo, sempre em busca da passarada. abraço

Paulo Gil disse...

Boas
Tem aqui uma excelente enciclopédia, muito bom trabalho... já agora deixa-me te perguntar se a 350d trabalha bem com a sigma 150-500???

Um abraço e bom trabalho